quarta-feira , 17 janeiro 2018

Home » Alphaville » Equipe de Alphaville, Bianchini Rally, faz balanço positivo da participação no Rally dos Sertões

Equipe de Alphaville, Bianchini Rally, faz balanço positivo da participação no Rally dos Sertões

agosto 12, 2015 7:10 pm by: Category: Alphaville, Brasil A+ / A-
Rally_equipe_finato.fabricio.tiago.colvero_divulgacao
Foto: Divulgação
Dos quatro pilotos, três subiram ao pódio entre eles o competidor da região Marcos Finato que fechou em 5º na Super Production e 8º na geral

Missão cumprida para Bianchini Rally, de Alphaville, que cruzou a rampa de chegada do Rally dos Sertões, no último sábado (8), na cidade paranaense de Foz do Iguaçu. A equipe, uma das veteranas do grid e reconhecida pelo profissionalismo e infraestrutura, fechou a participação com balanço positivo ao colocar três de seus quatro pilotos no pódio na categoria Motos. Vale ressaltar que dois deles terminaram entre os Top 10 da geral, em uma edição disputadíssima.

No pódio da Super Production, a categoria mais competitiva da prova onde se destacam os ponteiros da competição, a Bianchini Rally emplacou com dois pilotos entre os cinco primeiros: Tiago Fantozzi (Bianchini Rally/X Rally Team) retornou ao grid após quatro anos com muito fôlego e garantiu a terceira colocação e, ainda, terminou como quatro da geral; e Marcos Finato, empresário e morador de Alphaville, que fechou em quinto e na oitava posição da geral.

“Estou feliz da vida com minha oitava colocação na geral, porque sou o segundo piloto (o primeiro foi o Fantozzi) que não é de fábrica a estar bem colocado. Esses pilotos se dedicam integralmente à competição, diferente de mim que só trabalho e venho andar de moto aqui no Sertões e estava desde 2013 sem participar”, comemora Finato que pilota uma KTM 530 EXC. “Minha moto foi fantástica do começo ao fim e saber que nenhuma outra da Bianchini quebrou durante toda a prova e ver todo mundo chegando com sorriso no rosto é muito gratificante. Porque quem montou as quatro motos fui eu, que é meu hobby”, diz o empresário que é engenheiro mecânico e eletrônico.

Com 14 participações na prova e um título na geral em 2001, Fantozzi fala do seu desempenho. “Eu nunca imaginei que um quarto na geral fosse me deixar tão feliz. Voltar entre os cinco melhores, mostrou que ainda sou competitivo depois de ter ficado tanto tempo fora e isto, só aumentou a vontade de voltar no ano que vem. O Sertões sempre vale a pena, é uma prova difícil e a sequência de dias de prova tem um glamour só dele”, explica o piloto que venceu a sétima e última etapa, na categoria.

Na categoria Production Aberta, o gaúcho Marcos Colvero (KTM 530 6days) garantiu a quarta colocação, enquanto o Adhemar Pereira ‘Indio” (KTM Rally Réplica 450) ficou em sétimo.

“Esse ano meu resultado surpreendeu e estou bem satisfeito com o quarto lugar na categoria. Foi um Sertões atípico do que estamos acostumados, mas nem por isto deixou de ser muito divertido, exigiu bastante navegação e foi o Sertões da lombas. Estou feliz com o resultado”, diz Colvero que foi o 14º na geral.

O guerreiro cearense também encerrou a participação bem satisfeito com o desempenho de sua moto. “Meu cavalo de batalha foi valente e passou por todo o percurso sem problemas. Mantive meu ritmo e a estratégia de chegar todos os dias e deu certo. Tive um incidente apenas no final de uma etapa que me custou algumas posições, mas participar desta prova sempre nos revigora. Novamente a equipe foi sensacional e, apesar de o Sertões não passar pelo Nordeste, gostei e nos divertimos muito”, finaliza Índio, como é conhecido no off-road.

Para o chefe de equipe Fabrício Bianchini – competiu pela categoria Carros, ao lado do piloto Rodrigo Terpins e foi o 5º colocado na Protótipos T1 -, os quatro pilotos da equipe mostraram que podem brigar com os pilotos de fábrica, ainda que não tenham um equipamento à altura. “Foi sensacional ver o Finato e o Tiago no mesmo pódio. Com trajetórias diferentes no off-road mostraram o seu potencial e ficamos muito felizes com o resultado que conquistaram. Colvero e Indio também souberam imprimir um bom ritmo durante a prova e se destacaram. Foi um Sertões muito produtivo para a equipe e sabemos do futuro promissor dos nossos pilotos. Que venha o Sertões 2016!”, destaca o piloto que também reside na região.

A equipe - A Bianchini Rally, com sede em Barueri (SP), nasceu em 2005, quando o piloto gaúcho Fabrício Bianchini resolveu montar a sua própria equipe. Dois anos depois com patrocínio do Grupo Infinity Bio Energy, desenvolveu as primeiras motos de rali movidas a álcool no Brasil. Pioneira com o projeto, tornou-se a única equipe Carbon Free na época. Entre 2007 e 2010 ficou conhecida como Infinity Rally Team. Mas foi somente a partir de 2012, que a passou a adotar o nome Bianchini Rally. Ao longo de uma década e pelo profissionalismo conquistado, o time trabalha com pilotos campeões do segmento de duas rodas durante o Rally dos Sertões, Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e Baja. Por dois anos consecutivos (2007 e 2008) foi premiada como Melhor Equipe do Rally dos Sertões. Vale destacar, que este engajamento da Bianchini Rally em relação ao meio ambiente prossegue, tanto que por meio da Iniciativa Verde, recebeu em maio novamente o selo Carbon Free pela compensação e neutralização de gases de efeito estufa, decorrente de sua participação no Rally dos Sertões 2015.

A maior prova off-road do país cruzou quatro estados (Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná) e teve aproximadamente 3 mil quilômetros de roteiro. Pela primeira vez, apresentou um percurso para o sul do país, com chegada à Usina de Itaipu. Participaram da competição 185 competidores de 115 veículos das categorias Motos, Quadriciclos, UTVs e Carros. A próxima edição está marcada para 3 a 10 de setembro de 2016, com largada em Goiânia (GO) e chegada em Palmas (TO).

Mais informações sobre a equipe no site www.bianchinirally.com.br e também na página da equipe no facebook.com/equipebianchinirally

A Bianchini Rally, com sede em Barueri (SP), conta com o patrocínio da McDonald Pelz, QT Engenharia, Madeira Energy, Nova Vida e Melnick Even, Iper e Ducatti. A equipe pratica a compensação e a neutralização de carbono, por meio da Iniciativa Verde, que concedeu, por mais um ano, o selo Carbon Free.

Rally_final. Finato_viniciusbrancaFoto: Vinícius Branca
Resultado Final – categoria Super Production
1 JEAN AZEVEDO Honda CRF 450 X (HONDA MOBIL) 15:51:38.1
2 RAMON SACILOTTI Kawasaki KLX 450 (SACILOTTI RALLY) 16:04:09.1
3 TIAGO FANTOZZI Prototipo 500 (BIANCHINI RALLY/ X RALLY TEAM) 16:19:31.6
4 DARIO JULIO Honda CRF 450 X (HONDA MOBIL) 17:02:26.3
5 MARCOS FINATO KTM 530 EXC (BIANCHINI RALLY) 17:58:12.6
6 VICENTI BENEDICTIS Honda CRF 450 X (X RALLY TEAM) 20:42:55.9
7 GREGORIO CASELANI Kawasaki KXF 450 (BIKE BOX) 24:08:24.0

Resultado final – categoria Production Aberta
1 ADRIEN METGE Honda CRF 450 X (HONDA MOBIL) 16:06:42.1
2 GUILHERME CASCAES Yamaha WR 450 F (YAMAHA GERACAO RINALDI RALLY TEAM) 16:25:56.7
3 FLAVIO COTA Honda CRF 450 X (PANCADAO) 18:40:35.1
4 MARCOS COLVERO KTM EXC 450 (BIANCHINI RALLY) 19:15:58.4
5 WAGNER JOVENAL Honda CRF 450 X (BRASIL MOTO TOUR) 19:56:54.4
6 ANDRE ASSUMPCAO KTM 500 XCW (BRASIL MOTO TOUR) 20:04:09.0
7 ADHEMAR PEREIRA KTM Rally Replica 450 (BIANCHINI RALLY) 21:06:30.0
8 RODRIGO MONTEMOR Kawasaki KLX 450 (BIKE BOX) 26:36:54.4

Leave a Comment