terça-feira , 19 novembro 2019

Home » Alphaville » Campanha Real Solidário da Fundação Cafu

Campanha Real Solidário da Fundação Cafu

setembro 13, 2019 12:01 am by: Category: Alphaville, Barueri, Brasil, São Paulo A+ / A-

cafu_copa

Foto: Google

Morador de Alphaville/ Barueri há muitos anos, o pentacampeão Cafu, capitão que ergueu a taça da Copa do Mundo de 2002, para orgulho de todos os brasileiros, escrevendo na camiseta “100% Jardim Irene”, bairro onde nasceu e viveu a juventude e onde está sediada a Fundação Cafu, está realizando a Campanha Real Solidário da Fundação Cafu, onde com uma doação de R$30,00, R$60,00 ou R$90,00 por mês, se proporciona: doando R$ 30,00 por mês, você contribui para o fornecimento do lanche para 01 criança; doando R$ 60,00 por mês, você contribui para o fornecimento do material de apoio ao desenvolvimento social; doando R$ 90,00 por mês, você contribui para o fornecimento de uma oficina para 01 criança. Para contribuir, acesse fundacaocafu.org.br/site/realsolidario.
Sobre a Fundação
O sonho Fundação Cafu, idealizado pelo capitão do penta, se tornou realidade em 2004, no Jardim Irene, bairro onde o ex-jogador nasceu, cresceu e pelo qual possui um grande carinho. Desde então, a Instituição vem utilizando a cultura e o esporte como ferramentas de desenvolvimento social e humano, atendendo crianças, jovens e adultos moradores do Jardim Irene e bairros vizinhos, comunidades socialmente vulneráveis.
A Instituição foi construída com o intuito de gerar oportunidades de desenvolvimento para os moradores desta região em combate à desigualdade social. Hoje, presta atendimento a 950 educandos, por meio de atividades que são realizadas no contra turno escolar, com o objetivo de afasta-los das ruas para que não sejam influenciados de forma negativa.
A Fundação Cafu acredita que é possível utilizar oficinas esportivas e culturais como meios de transmitir valores e princípios necessários para formar cidadãos responsáveis, capazes de transformar sua própria realidade e multiplicar esses ensinamentos na sociedade.

Leave a Comment