sexta-feira , 21 fevereiro 2020

Home » Barueri » CCR ViaOeste e CCR RodoAnel promovem mutirão de combate à dengue

CCR ViaOeste e CCR RodoAnel promovem mutirão de combate à dengue

fevereiro 11, 2020 9:44 am by: Category: Barueri, Brasil, Grande São Paulo - Região Oeste - Alphaville A+ / A-

Barueri, Castello_ allisson

Ação será realizada nesta segunda-feira (10/02) pelas duas concessionárias no Sistema Castello-Raposo e trecho oeste do Rodoanel

Equipes que realizam a limpeza do Sistema Castello-Raposo e do trecho oeste do Rodoanel intensificarão na próxima segunda-feira (10/02) o trabalho de remoção de materiais ao longo das rodovias. O mutirão tem como objetivo eliminar possíveis focos do mosquito Aedes aegypti, que é o transmissor da dengue, zika e chikungunya. A iniciativa faz parte do Programa Estadual de Combate à Dengue, que tem participação das concessionárias de rodovias paulistas através da ARTESP (Agência de Transportes do Estado de São Paulo).
A limpeza e conservação das rodovias administrada pela CCR ViaOeste e CCR RodoAnel é realizada diariamente. Em 2019, as equipes das duas empresas recolheram mais de 4 mil toneladas de resíduos do Sistema Castello-Raposo e do trecho oeste do Rodoanel. No mutirão realizado em fevereiro do ano passado, em apenas um dia foram coletadas nas rodovias mais de 4 toneladas de materiais.
As concessionárias possuem um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, atendendo a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS). “Todos os materiais recolhidos são destinados para cooperativas de reciclagem ou aterros licenciados”, afirma a coordenadora de Meio Ambiente das concessionárias, Egle Humphreys.
Além do mutirão, as duas concessionárias também realizarão iniciativas para alertar os motoristas sobre os cuidados para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue.  Uma delas é a veiculação de frases com orientação nos painéis de mensagem variável instalados na malha viária.  “É importante que os motoristas façam sua parte, ou seja, não joguem qualquer tipo de lixo nas rodovias. Além de se tornarem possíveis pontos para proliferação do mosquito, os materiais descartados podem atingir outros veículos e até causar acidentes”, enfatiza Egle.

Leave a Comment