sexta-feira , 18 agosto 2017

Home » Barueri » Saúde de Barueri oferece assistência para diagnosticar hepatites virais e disponibiliza vacinas

Saúde de Barueri oferece assistência para diagnosticar hepatites virais e disponibiliza vacinas

julho 31, 2017 11:13 pm by: Category: Barueri, Brasil, Grande São Paulo - Região Oeste - Alphaville, São Paulo A+ / A-
  • hepatite 2

 Fotos: Lourivaldo Santos (Fio)/ Prefeitura de Barueri

Na sexta-feira (dia 28 de julho) foi celebrada mundialmente a Luta Contra as Hepatites Virais, pois se estima que no planeta cerca de 400 milhões de pessoas estão infectadas pelos vírus das hepatites B e C, que são doenças crônicas e que levam mais de 1 milhão de pessoas à morte todos os anos.  No município de Barueri, a rede de saúde dispõe de mecanismos que detectam a presença dessas doenças e que podem prevenir a transmissão e a sua progressão.

hepatite 1

Considerada um mal silencioso, a hepatite também pode provocar um curso benigno, como o tipo A, que pode ser transmitida pela via oral-fecal ou através de alimentos e, também, por água contaminada. Na maioria dos casos, o próprio organismo se encarrega de eliminar esse vírus. A vacina contra hepatite A já existe, porém, é indicada somente para quadros clínicos específicos e mais graves.

Em Barueri, todas as 16 unidades básicas de saúde disponibilizam as três doses da vacina contra a Hepatite B. Bastar apresentar o cartão de vacinação. A imunização é recomendada para pessoas de todas as idades.

É possível detectar a presença de hepatites virais através dos testes rápidos disponíveis em oito unidades básicas de saúde e no SAE – Serviço de Atendimento Especializado. Mais informações, ligue para 4199-3100.

Informações que fazem a diferença

De acordo com o Ministério da Saúde, parte da população brasileira que foi infectada pelas hepatites desconhece a presença dos vírus por se tratarem de doenças, na maioria das vezes, assintomáticas – que não apresentam sintomas – nos anos iniciais.

As hepatites possuem um alto grau de contaminação e, nos casos crônicos de infecções virais B e C, que desenvolvem males como cirrose e o câncer no fígado, com poucas chances de tratamento quando estágio está avançado, o diagnóstico precoce é determinante para o controle dessas doenças. 

Medidas de prevenção

As hepatites B e C podem ser transmitidas pelo contato sanguíneo, portanto, recomenda-se não compartilhar objetos pessoais, como lâminas de barbear ou depilar. Materiais de pedicure e manicure utilizados em salões precisam ser descartáveis e esterilizados adequadamente. Também, é recomendado o uso de preservativos durante relações sexuais com portadores do vírus.

Leave a Comment