quarta-feira , 22 agosto 2018

Home » Colômbia » Tragédia com avião da delegação da Chapecoense, que caiu nesta madrugada rumando à Medellín na Colômbia

Tragédia com avião da delegação da Chapecoense, que caiu nesta madrugada rumando à Medellín na Colômbia

novembro 29, 2016 5:44 am by: Category: Colômbia, Região Metropolitana de medellín A+ / A-

chapecoense

Imagem: Fonte Twitter

Nesta madrugada, após ter feito uma escala na Bolívia com troca de aeronave, a delegação inteira da Chapecoense, com jornalistas acompanhando, rumo à Medellín na Colômbia que jogaria amanhã a primeira partida da Copa Sul Americana às 21:45 hs com o Atlético Nacional, sofreu um acidente a 30 km do aeroporto de Medellín com a queda da aeronave por volta das 10:15 local e 01:15 horário  de Brasília, em local de mata e montanha de difícil acesso chamada Cerro Gordo. Chovia muito no local, dificultando o trabalho dos helicópteros de resgate.  Há informações de que 25 ambulâncias estão fazendo os resgates. Chegaria em horário local às 9:00 hs.

As informações são pouco precisas. Ao que parece, existem 10 resgatados, mas só confirmados 5, entre eles, com vida já confirmados, o goleiro Danilo, o zagueiro Alan Ruschel, o goleiro reserva Jackson, o fisiologista Rafael e uma aeromoça colombiana, mas não se sabe se todos os demais são sobreviventes. Todos estão em dois hospitais locais. Nas primeiras informações, talvez tenha havido um problema elétrico, segundo a Torre de Controle da Aeronáutica, e os pilotos tiveram que descartar combustível.

A Chapecoense  jogou no final de semana contra o Palmeiras vitorioso no Brasileirão e iria fazer um voo fretado de Guarulho, no mesmo avião da queda, para Medellín, que não foi aprovado pela ANAC. Por esta razão, saiu de GRU- Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, em voo comercial até a Bolívia em Santa Cruz de La Sierra, onde pegou um outro voo da Cia. Lamia Corporation (CP2933). Havia jornalistas brasileiros e locais no avião. Estavam na aeronave, 81 pessoas, sendo 9 tripulantes, 72 passageiros, sendo 48 do Chapecoense, 21 jornalistas e 3 convidados. Segundo a Rádio Caracol e o prefeito de Medellín, Frederico Guttierrez, informação já tida como oficial, existem 25 mortos, o que não pode ser tido como definitivo, ainda. Muitas informações circulam pela internet, e pelas televisões, mas nenhuma é oficial, e não se pode afirmar nada até o momento.

O resgate está sendo difícil, com clima chuvoso e nas informações, parece existir mais sobreviventes no local. Por enquanto, as informações são imprecisas e não se fala em nomes dos mortos.  E, a foto que já circula na internet é do Twitter.

A Associação Chapecoense de Futebol, através do seu vice presidente Ivan Tozzo, disse esperar informações oficiais, para soltar algum pronunciamento oficial.

Leave a Comment