sexta-feira , 1 julho 2022

Home » Mundo » Acupuntura ganha cada vez mais espaço nos tratamentos da rede de Barueri

Acupuntura ganha cada vez mais espaço nos tratamentos da rede de Barueri

junho 18, 2022 12:45 am by: Category: Mundo A+ / A-

onibus

Foto: Renato Santos/ Secom

Em 2016, o Sistema Único de Saúde (SUS) aprovou oficialmente o uso de acupuntura como terapia complementar no tratamento de doentes.  Na rede pública de Barueri, a iniciativa já faz parte da lista de cuidados aos pacientes há alguns anos. E, mais recentemente, com o reconhecimento oficial da acupuntura com evidências científicas e pela sua efetividade prática, o número de atendimentos vem aumentando de forma gradual, sempre com boa aceitação por parte da população.

No primeiro quadrimestre deste ano foram 506 atendimentos: 102 em janeiro, 138 em fevereiro, 123 em março, e 143 em abril. Semanalmente, o sistema registra cerca de 40 atendimentos feitos pelos quatro profissionais do setor. Os tratamentos são feitos no Centro de Saúde Funcional, na Arena Barueri, no Jardim Belval.

A acupuntura, por enquanto, ainda atende ao fluxo interno no sistema de saúde municipal. Ou seja, a prática é recomendada a partir do diagnóstico dos médicos como um complemento aos trabalhos de reabilitação dos pacientes. Trata-se de uma iniciativa a mais na reabilitação daqueles que ainda sentem dores intensas.

Melhora na qualidade de vida

Conforme a fisioterapeuta Fernanda Vergani de Oliveira, especializada em acupuntura desde 2006, a prática tem por foco o enfrentamento de doenças como artrose, artrite, dores no joelho ou na região lombar, por exemplo. “Temos visto grandes ganhos na redução de edemas, com a consequente melhora na qualidade de vida dos pacientes”, explicou a fisioterapeuta.

O Centro de Saúde Funcional de Barueri não conta apenas com acupuntura. Há ainda outras práticas integrativas na rede, como o uso das ventosas, eletroacupuntura e moxabustão (aplicação de calor na pele, sendo usado um bastão preenchido de plantas medicinais).

Práticas integrativas

As chamadas práticas integrativas e complementares (PICS) são aqueles tratamentos com recursos terapêuticos fundamentados em conhecimentos tradicionais, que têm por objetivo prevenir doenças como depressão e hipertensão. Além de utilizadas como tratamentos paliativos em algumas doenças crônicas.

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) apontou que a acupuntura, assim como outras práticas integrativas, são feitas de forma multiprofissional  no Brasil há mais de cem anos em todos os níveis de atenção à saúde. Além do benefício direto ao paciente no que diz respeito a dores e outros desconfortos, elas também permitem reduzir a quantidade de medicamentos em uma série de tratamentos, bem como reduzir o tempo de internações.

 

 

Leave a Comment