sexta-feira , 21 setembro 2018

Home » Brasil » Pipocam manifestações pelo País, após anúncio da posse de Lula na Casa Civil, em coletiva de imprensa da presidente Dilma

Pipocam manifestações pelo País, após anúncio da posse de Lula na Casa Civil, em coletiva de imprensa da presidente Dilma

março 16, 2016 11:28 pm by: Category: Brasil, Brasília, São Paulo A+ / A-

Paulista. LUis Fernando1

Fotos: Reprodução do Facebook de Fernando Luís

Legenda: Avenida Paulista reúne manifestantes em cerca de quatro quarteirões

Depois que a presidente Dilma anunciou a posse do ex-presidente Lula para assumir o Ministro – Chefe da Casa Civil, começaram a eclodir várias manifestações espontâneas em forma de  protestos no Brasil contra a decisão e a favor do impeachment de Dilma. Lula, que teria voltado para São Paulo, teve em frente ao seu prédio residencial em São Bernardo, alguns confrontos de manifestantes ‘pró e contra Lula no ministério’. A sua posse, que seria na terça, dia 22, foi antecipada para amanhã de manhã.

O juiz Sérgio Moro, antes do momento da divulgação da posse, tornou público várias gravações de grampo, com sua quebra de sigilo, de conversas entre o ex-presidente, a presidente Dilma e ministros. Segundo apontado em debate entre jornalistas no canal Globo News, Lula teria recebido o documento da sua posse,  antes mesmo de sua homologação, o que será juridicamente questionado. Será investigada improbidade administrativa da presidente Dilma, por desvio do propósito da posse de Lula.

Dilma Rousseff negou na sua entrevista de coletiva de imprensa às 15:00 horas, de que a posse de Lula seria para evitar que o ex-presidente ficasse sobre a investigação do juiz Sérgio Moro. A gravação, da conversa de ambos, mesmo antes da posse, cita um documento que ele “só use o Termo de Posse caso seja necessário”.

A reação pública foi imediata, na Câmara dos Deputados congressistas gritavam, pedindo a renúncia de Dilma. Ainda em Brasília,começou aglomeração de manifestantes, que concentrou-s no Palácio do PLanalto e, mais agora à noite em frente ao Congresso, onde a situação continua tensa, com confrontos.  Vários locais do país, capitais e a Avenida Paulista começaram a receber muitos manifestantes, Em  frente à Polícia Federal, em Curitiba, apoio do juíz Sérgio Moro, os manifestantes pretendem estar em vigília até amanhã de manhã.

Paulista. LUis Fernando2

Acima, Edifício da FIESP/CIESP, na noite de hoje

Paralelamente, à tarde, ao anúncio dito na coletiva de imprensa, estaria, a maioria dos ministros do STF rejeitando recursos contra a decisão sobre o rito do impeachment, onde o Senado poderá aprovar  ou rejeitar a decisão do impeachment.

O PSDB já entrou com uma ação de impedimento da posse do ex-presidente Lula, amanhã.

E, as redes sociais tiveram, novamente, papel importante nos protestos, estimulando panelaços e businaços, que aconteceram em vários locais.

Os índices economicos oscilaram muito hoje, em função da notícia inesperada da posse.

Até o momento, o governo federal não mostrou mudança de planos no rito da posse, para amanhã. A cerimônia de posse está marcada para amanhã às 10 horas, no Palácio do Planalto, em ato conjunto quando tomarão posse os outros novos ministros Eugênio Aragão, Ministro da Justiça; Mauro Lopes, Secretaria de Aviação Civil; e Jaques Wagner, Ministro-Chefe do Gabinete Pessoal da Presidência da República.

 

Leave a Comment