quinta-feira , 26 abril 2018

Home » Brasil » Nesta reportagem, fotos espetaculares do emocionante Drama da Paixão de Cristo que foi apresentado nos dias 29, 30 e 31 de março em Santana de Parnaíba

Nesta reportagem, fotos espetaculares do emocionante Drama da Paixão de Cristo que foi apresentado nos dias 29, 30 e 31 de março em Santana de Parnaíba

abril 3, 2018 11:41 am by: Category: Brasil, Grande São Paulo - Região Oeste - Alphaville, Santana de Parnaíba - Centro Historico, São Paulo A+ / A-

drama5

Fotos: Fabiano Martins e outros - 
divulgação/ Secom de Santana de Parnaíba

O espetáculo é considerado o maior do Estado de São Paulo

e o segundo maior do Brasil encenado a céu aberto

drama19

  Já faz parte da história cultural de Santana de Parnaíba (cidade à 35 KM da capital paulista), a encenação do DRAMA DA PAIXÃO DE CRISTO  na Páscoa, que este ano aconteceu nos dias 29, 30 e 31 Março, às 20h30 na Barragem Edgard de Souza.  O espetáculo que conta sobre o nascimento, vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo completa em 2018, 23 anos de tradição e emoção. Cenas do cotidiano, deste importante momento da história de Cristo.

drama16

drama18

drama20

Uma das cenas que marcam, é a da Santa Ceia.

drama19

drama14

 Ao entrar na barragem, às margens do Tietê, o público se deparou com a grandeza do lugar de 15 mil metros quadrados, cercado por um morro que foi transformado em um perfeito cenário a céu aberto. Houve momentos de interação com a plateia.

drama6

drama15

Totalmente ambientado à época de Cristo, com templo romano, palácio de Herodes e casa de Maria.

drama12

drama22

drama11

Cenas do flagelo e da crucificação são um ponto alto, na emoção do público.

drama4

drama1

drama10

Mas, foi do alto do morro que aconteceu a cena mais emocionante do Drama, a ascensão de Jesus a uma altura de 5 metros. Quem vê da platéia tem certeza que Jesus está indo para o céu.

drama13

drama9

Para completar o momento, queima de fogos.

drama8

drama7

drama3

drama2

 

O diferencial do Drama da Paixão de Santana de Parnaíba é que na primeira parte do espetáculo sempre é mostrado uma história bíblica diferente. No caso desse ano, teve como tema A Perseverança de Jó, livro poético do Velho Testamento onde fala sobre um homem que passa por tribulações, perde tudo, menos a esperança e fé em Deus e por perseverar até o fim, tem sua vida restaurada e ganha tudo em dobro.

Para o diretor Edimilson Andrade, a escolha do tema desse ano foi de encontro com o cenário atual do Brasil, onde a maioria tem vivido situações difíceis. “É como diz na mensagem: feliz é o homem que persevera na provação e é essa palavra de esperança que queremos passar. Persevere, vale a pena”, comenta o diretor.

 Elenco

O elenco foi formado, em sua maioria, por moradores de Santana de Parnaíba que participam das oficinas específicas do Drama, independente de serem atores profissionais. Como por exemplo, é o caso de Sinnayder Barcelos, funcionário público que há 13 anos tem a missão de dar vida ao personagem principal, Jesus Cristo. Para isso, passa por uma verdadeira transformação, colocando inclusive mega hair. Também, há a participação de 80 homens da cavalaria do 20º Grupamento de Artilharia Leve do Exército Brasileiro e de alunos do coral e ballet do CCAM (Centro Cultural Artístico Municipal) de Santana de Parnaíba.

A História do Drama

Quem assistiu ao Drama não imagina que ele começou no coração de uma criança de 05 anos, Edimilson Andrade,  idealizador do espetáculo, que na época frequentava o Circo Teatro Reco Reco pertencente a sua família. Lá, em meio a dramas e comédias, esperava a chegada da Semana Santa para ver a história do ‘Salvador da Humanidade’ que morreu na cruz. Ficava tão fascinado que sonhava em contá-la um dia a sua maneira em outros lugares como praças e parques das cidades.

 Até que ouviu falar na cidade teatro no nordeste do Brasil, a Nova Jerusalém que já fazia o espetáculo sobre a vida de Jesus. Não teve dúvidas, foi até lá e assistiu várias vezes e voltou feliz. Depois, fez a sua primeira montagem do Drama da Paixão em Piracicaba e, em seguida, em Santana de Parnaíba. Nos primeiros anos as apresentações aconteciam atrás da Igreja da Matriz com duas colunas romanas e poucos atores, mas muitos espectadores. Então, foram em busca de outro local  até descobrirem a Barragem Edgard de Souza, às margens de Tietê onde é encenada até hoje.

            A Prefeitura de Santana de Parnaíba, através da Secretaria de Cultura é a responsável pela realização do evento. Para assistir ao espetáculo, o que se sugeriu ao público, foi a doação de 1 quilo de alimento não perecível em prol do Fundo Social de Solidariedade da cidade.

Leave a Comment