quarta-feira , 14 novembro 2018

Home » Alphaville » Barueri reduz crimes em 26% e tem ano mais seguro desde 2011

Barueri reduz crimes em 26% e tem ano mais seguro desde 2011

fevereiro 3, 2018 3:30 pm by: Category: Alphaville, Brasil, São Paulo A+ / A-

charles félix-SSMU 2

Foto: Charles Félix / SSMU 

Estatísticas das ocorrências criminais de dezembro, divulgadas na semana passada pela Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP), mostram que Barueri teve o ano mais seguro desde 2011, ou seja, nos últimos seis anos, 2017 foi o que apresentou menor número de crimes.

Entre janeiro e dezembro de 2017, os principais delitos (homicídios dolosos, furtos, roubos e veículos subtraídos) caíram 26,3%, em Barueri, na comparação com o ano anterior (2016). “Isso é fruto do trabalho que vem sendo feito no município. Fazemos o estudo e o mapeamento das ocorrências e planejamos as ações para onde o índice é maior”, relata a secretária de Segurança e Mobilidade Urbana, Regina Mesquita, destacando também as operações que são realizadas com as polícias Civil e Militar.

Queda de 34% nos furtos e roubos de veículos

Barueri teve, em 2017, 34,3% menos veículos subtraídos (roubados ou furtados) do que em 2016. Além da expressiva queda, outros dois fatores chamam a atenção neste quesito: o baixo número de delitos em comparação à frota e o número de automóveis recuperados.

Apesar de o número de veículos furtados ou roubados no ano passado superar o montante de 2011, a taxa dos delitos por 100 mil veículos foi menor em 2017, atingindo a marca mais baixa da série histórica. A frota da cidade teve crescimento exponencial, mas as ocorrências diminuíram.

Não obstante o baixo índice do delito, a produtividade policial é muito alta nestes casos. O número de veículos recuperados, em Barueri, pelas forças de segurança, no ano passado, foi equivalente a 57,8% do total de automóveis roubados ou furtados no mesmo período.

Furtos (-27%) e roubos (-20%)

Ainda de acordo com os dados da SSP, Barueri registrou queda de 27,3% nos casos de furto e 20,9% nos roubos, na comparação do ano passado com 2016. O furto é caracterizado pela subtração de coisa alheia móvel, já o roubo é a mesma situação, mas mediante violência ou grave ameaça.

Homicídios dolosos

Em 2017 foram registrados na cidade, em relação ao ano anterior, seis casos a mais de homicídios dolosos (28 a 22). Entretanto, o Manual de Interpretação de Estatística de Criminalidade da SSP/SP recomenda cautela no cálculo de porcentagens com bases muito pequenas e “precaução redobrada com números absolutos inferiores a 30”. Os cálculos, nestes casos, não refletem de maneira condizente a evolução do fenômeno retratado.

Outra indicação da publicação, para evitar interpretações imprecisas, é comparar apenas unidades territoriais equivalentes administrativamente (bairro com bairro, cidade com cidade ou Estado com Estado). “É falacioso comparar as taxas de criminalidade de um bairro com as de uma cidade, de uma cidade com a de outro Estado”, alerta.

 

 

 

Leave a Comment